Notícias Dicas


Vacina Contra a Gripe Atua Menos em Obesos

Vacina Contra a Gripe Atua Menos em Obesos

Vacina Contra a Gripe Atua Menos em Obesos

A Dra. Melinda Beck e demais pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, chegaram à conclusão de que a obesidade diminui a eficácia da vacina sazonal contra a gripe.

Em 2009, por ocasião da epidemia do vírus H1N1, quando verificou-se que pessoas obesas apresentavam menor imunidade, a suspeita já havia sido levantada. A confirmação veio agora, com a descoberta do mecanismo que reduz a eficácia da vacina.

De acordo com o estudo, em comparação com pessoas de peso saudável, os níveis de anticorpos da vacina contra a gripe caíam bastante em indivíduos obesos ou com sobrepeso.

Os cientistas descobriram que a semelhança entre os níveis de anticorpos em todos os indivíduos, independente do peso de cada um, se dava apenas até cerca de um mês depois de terem sido vacinados contra a gripe. Em seguida, diminuíam significativamente.

Outra descoberta se deu em relação às respostas das células T CD8+ (tipo de célula sanguínea que desempenha importante papel no sistema imunológico), que se evidenciaram com defeito em pessoas obesas.

A Proteína

Como parte do mecanismo de redução da eficácia da vacina em obesos, o estudo concluiu que a proteína interferon lâmbda, contida nas células T CD8+ e que atua contra as infecções, continuavam em atividade em 75% das pessoas com peso saudável. No entanto, só atuavam em 25% dos obesos.

Também verificou-se, após 11 meses da vacinação, um decréscimo de quatro vezes nos níveis de anticorpos em cerca de 50% dos participantes com obesidade. Por outro lado, nos que apresentavam peso saudável, o mesmo índice foi de 25%.

O estudo foi publicado no International Journal of Obesity

Leia Mais:
Obesidade e Doenças Pulmonares
Médicos da Califórnia Levantam Hipótese

Colunistas