Notícias Dicas


Rica em Proteínas, Pobre em Glicídios: A Dieta Ideal?

Rica em Proteínas, Pobre em Glicídios: A Dieta Ideal?

Rica em Proteínas, Pobre em Glicídios: A Dieta Ideal?
Por Beth Santos

Em todo o mundo, pacientes com sobrepeso ou obesidade sonham com a dieta ideal. Um estudo realizado por pesquisadores dinamarqueses, que envolveu 772 famílias de oito países europeus, concluiu que ela seria uma dieta rica em proteínas e pobre em glicídios. Incluiria, por exemplo, carne branca, laticínios com pouca gordura, vagens como fonte de fibras e poucos alimentos ricos em glicídios, como pão e arroz branco.

A pesquisa estudou 772 famílias de oito países europeus, com pelo menos um filho na faixa etária dos cinco aos 17 anos e pai com 18 a 65 anos, todos em bom estado de saúde. Foram selecionados os pais com excesso de peso e obesos, num total de 938 adultos, além de 827 crianças, muitas com excesso de peso.

Sem que fosse necessário contar calorias e sem restrições de quantidades, no início do estudo os adultos ficaram limitados a 800 calorias diárias durante oito semanas. No período, perderam em média 11 quilos. Na etapa seguinte, foram sorteadas cinco dietas diferentes, seguidas por seis meses, todas pobres em gordura animal. A mais eficiente foi a mais rica em proteínas e mais pobre em glicídios.

Os adultos sorteados com a melhor dieta pesaram, em média, mais 0,74 quilos, enquanto os submetidos à dieta pobre em proteínas e rica em lipídios ganharam em média mais 1,67 quilos. No grupo das crianças, que não passou pelo regime inicial, a dieta mais bem sucedida reduziu a taxa de excesso de peso de 46% para 15%.

O estudo conhecido como Projeto Diógenes, publicado no New England Journal of Medicine, foi dirigido pelos conceituados doutores Arne Astrup e Thomas Meinert Larsen, da Universidade de Copenhagen, Dinamarca.

Leia Mais
Dieta Rica em Proteínas Mantém Peso Após Tratamento para Emagrecer

Colunistas