Notícias Dicas


Publicidade de Alimentos Aguarda Regulamentação

Publicidade de Alimentos Aguarda Regulamentação

Publicidade de Alimentos Aguarda Regulamentação
Por Beth Santos

Os presidentes do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (
Consea) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) se reuniram esta semana  para discutir as propostas de regulamentação da publicidade de alimentos para o público infanto-juvenil, prevista para o final de 2009. Nesta quinta-feira, dia 03/12, o Consea  aprovou as propostas da Anvisa para regulamentar o assunto. O Conselho pediu “a imediata publicação da regulamentação”.

A discussão do tema teve início há três anos pela Anvisa através de consultas públicas, que receberam 250 contribuições e 789 manifestações. Segundo nota do Consea, “a publicidade de alimentos não saudáveis, altamente processados, e com elevadas quantidades de açúcar, gordura e sal, presente massivamente nos meios de comunicação, representa uma atuação mercadológica que coloca em risco a saúde e a alimentação adequada”.

Açúcar, Gorduras e Sal
Segundo o Consea, do total da publicidade veiculada na TV brasileira, 10% são de alimentos, sendo que 72% desses produtos apresentam altos teores de açúcar, gorduras e sal. Pesquisas indicam, ainda, que no Brasil as crianças passam, diariamente, em média cinco horas assistindo TV. O presidente do Consea, Renato S. Maluf, comenta que “estudos científicos comprovam a relação entre o tempo de televisão e a freqüência de consumo de alimentos não saudáveis”.

Colunistas