Notícias Dicas


Proteína Pode Abrir Novo Caminho para Cientistas

Proteína Pode Abrir Novo Caminho para Cientistas

Proteína Pode Abrir Novo Caminho para Cientistas
Por Cintia S. Castro

Um estudo publicado no FASEB Journal (periódico científico da Federação das Sociedades Americanas de Biologia Experimental) sugere que a redução da função de uma proteína pode ajudar a combater a obesidade e a reduzir os níveis de glicose no sangue.

A proteína estudada chama-se Klotho, nome que na mitologia grega pertencia a uma das três irmãs (filhas de Zeus e Themis) responsáveis pelo destino dos homens. Klotho era quem tecia o fio da longevidade.

Redução de Peso
Os cientistas verificaram que camundongos obesos e com altas taxas de glicose que tiveram uma redução da função da Klotho tendiam a reduzir o peso e o índice glicêmico.

De acordo com a equipe responsável pelo trabalho, a pesquisa sugere que o desenvolvimento de uma nova classe de fármacos que iniba a proteína Klotho em seres humanos possa ser usada contra a obesidade e para controlar o diabetes tipo 2. 

“Nosso estudo é um pequeno passo em direção à diminuição do sofrimento de pessoas obesas e com diabetes, de modo que tenham de volta a alegria de uma vida saudável”, disse o Dr. M. Shawkat Razzaque, da Harvard School of Dental Medicine, de Boston (EUA).

Para fazer a descoberta, a equipe aumentou a quantidade de alimento de ratos com deficiência de leptina com a proteína Klotho, provocando obesidade e níveis elevados de açúcar no sangue.

Um segundo grupo de ratos, com deficiência tanto de leptina quanto da proteína Klotho, recebeu a mesma dieta do primeiro grupo. Eles ficaram magros e com baixos níveis de açúcar no sangue. Os resultados sugeriram que a função reduzida da proteína possa não apenas reduzir a obesidade, como prevenir o diabetes.

Leia o artigo publicado no FASEB Journal

 

Colunistas