Notícias Dicas


Estudo

Estudo

 































Projeção mostra que obesidade pode ultrapassar tabagismo como maior fator de risco modificável para doença cardiovascular, no Canadá

Dentro de um ano, a obesidade irá superar o fumo como fator de risco modificável para doença cardiovascular no Canadá, prevêem pesquisadores. Além disso, a prevalência de diabetes deverá aumentar ao longo dos próximos sete anos, de acordo com este estudo, publicado na versão online do CMAJ, esta semana.
Os pesquisadores desenvolveram um modelo que simula mudanças em cinco fatores de risco para doença cardiovascular: diabetes, hipertensão (pressão arterial sistólica > 140 mm Hg), níveis elevados de colesterol (colesterol total> 6,22 mmol / L), tabagismo e obesidade (índice de massa corporal [ IMC ] > 30), na população canadense (2001-2021) .

A boa notícia, segundo os pesquisadores, é que eles esperavam, uma incidência maior de doença cardiovascular devido ao envelhecimento da população, ajustando à incidência, para 2021. Ao contrário, há uma tendência de queda. O modelo projeta uma queda no tabagismo, hipertensão não controlada, e dislipidemia. Cada um desses fatores confere um risco de duas a três vezes aumentado para doença cardiovascular.

No entanto, mesmo com o aumento das taxas de obesidade e diabetes aumentando na população canadense, o tabagismo continua a ser um perigo maior para a saúde, destacam os pesquisadores.

Mais em >>> http://www.cmaj.ca/

Colunistas