Notícias Dicas


Pesquisadores Alertam Sobre Obesidade do Peso Normal

Pesquisadores Alertam Sobre Obesidade do Peso Normal

Aristeu Araújo
30 de abril de 2008

Pesquisadores norte-americanos divulgaram um novo conceito de obesidade: a chamada obesidade do peso normal. O termo surgiu após um estudo com 2.127 pessoas com índice de massa corporal (IMC) dentro dos padrões adequados.
De acordo com os especialistas, o cálculo do IMC - que avalia o peso do indivíduo em relação a sua altura – não leva em consideração a relação entre massa muscular e gordura presente no corpo. Para ser considerado peso normal, o IMC precisa figurar entre 18,5 e 25.

O problema, conforme o estudo, é que a gordura é mais leve do que a massa muscular. Assim, a substituição de músculos por tecido adiposo pode acontecer sem alterações perceptíveis no peso. Cerca de 62% dos mais de dois mil analisados no estudo estavam dentro desse padrão, portanto, mais propensos a doenças relacionadas à obesidade.

Em entrevista à Folha de São Paulo, o Dr. Márcio Mancini, presidente da ABESO, disse que o estudo soa como um alerta. “A procura de fatores de risco para doenças cardiovasculares e diabetes não deve se limitar às pessoas que são visivelmente obesas”, analisou.

O especialista explicou, ainda, que há a tendência de se procurar valores cada vez mais restritos nos indicadores de saúde quando o assunto é prevenção. Como exemplo, citou o caso da glicemia e do colesterol. Sobre a hipertensão, informou que para pessoas que têm fatores de risco como o diabetes, o ideal é manter o índice abaixo de 12 por 8. "Esses limites estão sendo reduzidos porque, no fundo, não existem esses valores de corte. No que diz respeito ao IMC, o limite é 25, mas sabe-se que quem tem 20 está melhor de saúde. A tendência é esses valores irem se modificando", comentou.

 

Colunistas