Notícias Dicas


Pesquisa Indica que Estresse pode Engordar

Pesquisa Indica que Estresse pode Engordar

23 de julho de 2007
Andréa Vaz

Estudo publicado recentemente na Revista Nature Medicine revelou que o estresse pode levar ao acúmulo de gordura abdominal. De acordo com pesquisadores, a descoberta representa uma importante contribuição para o combate à obesidade, um sério problema de saúde pública no Brasil e no mundo.

A suspeita da relação entre estresse e ganho de peso sempre existiu. No entanto, só agora cientistas da Universidade Georgetown, em Washington, descobriram de que maneira isso acontece.

Eles explicam que o estresse faz o corpo liberar, em excesso, um neurotransmissor chamado NPY. Isso provoca, no organismo, uma série de eventos bioquímicos, cujo resultado é o acúmulo de massa gordurosa no abdômem.

“Este problema não é apenas estético. Ele pode elevar o risco de diabetes e doenças cardiovasculares. Daí a importância do estudo”, avalia Mary Dallman, pesquisadora da Universidade da Califórnia.

Ficou demonstrado que o NPY atua no tecido adiposo, e não no cérebro. Além disso, os cientistas verificaram que os estressados crônicos processam os alimentos de modo diferente.

Segundo um dos autores do trabalho, o cirurgião plástico Stephen Baker, a pesquisa levará a uma forma segura e eficiente de eliminar gordura, sem cirurgia. “Além disso, poderá ter como conseqüência o desenvolvimento de novas drogas”, prevê.

 

Colunistas