Notícias Dicas


Obesos Podem Ter Problemas no Sistema Circulatório

Obesos Podem Ter Problemas no Sistema Circulatório

Obesos Podem Ter Problemas no Sistema Circulatório

Estudo realizado em parceria pelo Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) e Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) revelou que, dependendo do excesso de gordura, os vasos sanguíneos dos obesos podem entupir até “secar”, levando a uma espécie de pane no sistema circulatório. O processo pode evoluir, chegando ao desaparecimento desses vasos, o que compromete a microcirculação do fluxo sanguíneo, responsável pelo transporte e distribuição do sangue nos tecidos e órgãos.

Os pesquisadores focaram o estudo na epiderme, considerado o mais extenso dos órgãos humanos. O coordenador da pesquisa, Eduardo Tibiriçá, comentou que essa escolha se deu por ser a epiderme “um marcador sistêmico e que serve como uma espécie de janela para observar o que está acontecendo internamente”.

Tibiriçá explica que essa rarefação microvascular ocasiona a redução do fluxo sanguíneo nos vasos, o que provoca lesões em órgãos vitais, como coração, cérebro e rins, ocasionando insuficiência cardíaca, renal e lesões cerebrais. “Na pior das hipóteses, ocasiona a apoptose, que é a morte celular programada”.

Síndrome Metabólica

O estudo Fiocruz/UERJ comparou também os impactos da obesidade sobre a microcirculação vascular entre pessoas que apresentam e outras que não apresentam síndrome metabólica (SM). “Detectamos que os pacientes obesos que tinham síndrome metabólica possuíam muito mais problemas na microcirculação do que em pessoas sem a síndrome”, revelou o coordenador da pesquisa, Eduardo Tibiriçá.

Fonte: Fiocruz

Colunistas