Notícias Dicas


Obesos Engordam Mais que Magros ao Parar de Fumar

Obesos Engordam Mais que Magros ao Parar de Fumar

Obesos Engordam Mais que Magros ao Parar de Fumar
Por Beth Santos

Quanto maior o seu peso, mais o fumante engordará ao parar de fumar. Esta é a conclusão, nada favorável aos obesos, a que chegou a pesquisa realizada na Universidade de Birmingham, no Reino Unido.

A pesquisadora Deborah Lycett confirmou através do estudo que fumar realmente engorda, mas acha que isso não deveria desanimar os tabagistas com excesso de peso a abandonar o hábito. Sua opinião é que tomar consciência disso previamente é uma vantagem: “Se sabemos que existe a possibilidade de engordar muito, podemos nos preparar para isso e para que nossa mente elabore melhor o fato, se ele realmente chegar a acontecer”.

Durante oito anos o estudo acompanhou 840 fumantes que estavam tentando abandonar o vício pela primeira vez. Após o primeiro ano, 85 participantes não haviam voltado a fumar, do grupo que fez uso de adesivos de nicotina. A maioria dos fumantes (613) não conseguiu abandonar o cigarro nos oito anos do estudo. Outros 26 pararam durante um ano, mas em seguida tiveram uma recaída. Foram 116 os que seguiram fumando no primeiro ano, mas conseguiram ficar longe do vício durante os anos da pesquisa.

Ganho de Peso
Os pesquisadores observaram que quase todos, incluindo os que não abandonaram o cigarro, engordaram um pouco ao final dos oito anos, mas os ex-tabagistas engordaram muito mais. Somente ¼ manteve o peso normal.

Os que mantiveram a abstinência com o uso do adesivo engordaram em torno de 8,8 quilos, enquanto os que seguiram com o vício ganharam em torno de 2,2 quilos. Os que sofreram recaída engordaram cerca de 3,3 quilos e os que deixaram de fumar depois da pesquisa, 8,3 quilos.

No grupo dos abstêmios observou-se também uma significativa diferença no ganho de peso, tomando por base o Índice de Massa Corporal (IMC) inicial de cada um. Os abstêmios com baixo peso ou sobrepeso inicial (IMC de 18 a 29, respectivamente) engordaram em torno de 10 quilos. Aqueles com peso normal, ou IMC de 23, ganharam cerca de 7,8 quilos, mas os obesos mórbidos (IMC de 36) acumularam 19,4 quilos.

A variação de peso seguiu a direção oposta entre os fumantes: as pessoas com baixo peso foram as que mais engordaram (3,8 quilos), enquanto as mais obesas até emagreceram cerca de 0,8 quilos.

 

Colunistas