Notícias Dicas


Obesidade central é um dos maiores fatores de risco para doenças cardiovasculare

Obesidade central é um dos maiores fatores de risco para doenças cardiovasculare

Pessoas com índice de massa corporal - IMC - dentro do normal, mas que apresentam obesidade central têm mais risco de apresentar doença coronariana do que indivíduos com sobrepeso ou obesos que não apresentam obesidade central. Essa é a conclusão de um estudo realizado pela pesquisadora brasileira Thais Coutinho, da Clínica Mayo, nos EUA.
"Se tudo o que fazemos é a medição do IMC, pode estar faltando um subgrupo de pacientes que têm um IMC baixo, mas são centralmente obesos. Estaríamos, assim, negligenciando a oportunidade de identificar, aconselhar e tratar esses pacientes", afirmou a pesquisadora. Pelo estudo, o grupo com IMC normal, mas com obesidade central, tem um aumento de 61% de risco de morrer em comparação com aqueles com um IMC de 30, mas que não apresentam obesidade central no estudo.

No entanto, ela não defende a eliminação IMC como medida clínica. "O IMC ainda é um fator de risco para ataque cardíaco, por exemplo. Por isso que é importante documentar IMC e obesidade central, para melhor estratificar o risco nossos pacientes. Isso é clinicamente de fácil aplicação. Tudo o que precisamos é uma escala e uma fita métrica, então qualquer um pode fazê-lo em qualquer lugar do mundo", aconselha. Saiba mais: http://www.theheart.org/article/1499973.do  

Colunistas