Notícias Dicas


Medicamento Antiobesidade É Liberado pelo FDA

Medicamento Antiobesidade É Liberado pelo FDA

Medicamento Antiobesidade É Liberado pelo FDA


O Qnexa, um medicamento antiobesidade, acaba de ser liberado pelo FDA – agência americana de controle de alimentos e remédios – sob o nome de Qsymia. Fabricado pelo laboratório Vivus, ele teve a recomendação negada em julho de 2010 e recebeu nova chance no início deste ano, quando especialistas de um comitê interno consideraram seus benefícios maiores que os riscos para pessoas com doenças associadas ao
 aumento de peso. Agora, no entanto, a aprovação foi total.

A Presidente da ABESO considera a combinação de topiramato com a fentermina do novo Qsymia uma droga eficaz: “a perda de peso média sustentada, na dose máxima diária, é de cerca de 9% e 70% dos pacientes perdem mais que 5% do peso. A fentermina é um catecolaminérgico antigo como a dietilpropiona e também têm efeitos colaterais semelhantes como boca seca, insônia, ansiedade, irritabilidade.
A combinação de doses baixas de fentermina com o topiramato fornece  um sinergismo de ação anorexígena com redução dos efeitos colaterais dos dois fármacos”,  explica.

Relembrando a recente aprovação da lorcaserina, também pelo FDA, a Dra. Rosana Radominski comenta que “essas aprovações nos dão a esperança de que as agências regulatórias possam estar mudando de postura em relação aos medicamentos para o tratamento da obesidade, encarando o assunto com mais seriedade.  São as primeiras drogas aprovadas nos últimos 13 anos, nos EUA”.

Segundo Janet Woodcock, diretora de Centro para Avaliação de Medicamentos e Pesquisa do FDA, usado responsavelmente em combinação com um estilo de vida saudável, incluindo dieta de baixas calorias e exercícios, o Qsymia, antigo Qnexa, é uma opção para quem trata de sobrepeso crônico.

Leia Mais:
Fármaco Teve Recomendação Negada pela FDA em Julho de 2010

Colunistas