Notícias Dicas


Manhã de Atividades para Pacientes

Manhã de Atividades para Pacientes

Manhã de Atividades para Pacientes
13 de agosto

Os simpósios para pacientes “Cirurgia para Diabéticos”, “Cirurgia Bariátrica”, e “Obesidade em Crianças e Adolescentes” marcaram as atividades da manhã de quinta-feira, 13 de agosto, do XIII Congresso Brasileiro de Obesidade e Síndrome Metabólica. Com a duração de 30 minutos, eles foram planejados “para que o público leigo tire suas dúvidas (...) com pesquisadores e profissionais de reconhecida referência”, explica a Professora Doutora Leila Araújo, presidente do Congresso. A ABESO promoveu a distribuição de folhetos da Campanha Nacional contra a Obesidade entre os participantes dos simpósios.

Cerca de 240 participantes, no total, prestigiaram os três simpósios. “Obesidade em Crianças e Adolescentes”, ministrado pela representante do Departamento de Obesidade Infantil da ABESO, Zuleika Halpern, foi o que atraiu maior número de participantes. “Cirurgia Bariátrica”, ministrado pelo Coordenador da Programação Científica do Congresso e Professor de Obesidade da Universidade de São Paulo, Dr. Alfredo Halpern, teve 40% do público entre pacientes que se submeteram à cirurgia bariátrica. O terceiro foi “Cirurgia para Diabéticos”, ministrado pelo Dr. Arthur Garrido Junior. Os temas do simpósio foram selecionados entre os que mais suscitam dúvidas entre o público leigo.

Obesidade em Crianças e Adolescentes

Em sua palestra, a Dra. Zuleika Halpern destacou, através de dados epidemiológicos, a existência de uma transição nutricional no mundo inteiro nos últimos 30 anos, marcada por um maior acesso a alimentos prejudiciais à saúde e por significativa redução das atividades físicas entre crianças e adolescentes, culminando no aumento do índice de obesidade entre esse grupo. Para a Dra. Zuleika, adquirir hábitos alimentares saudáveis e praticar atividades físicas - ou pelo menos reduzir o sedentarismo dos jovens - são condições fundamentais para que adolescentes obesos desenvolvam uma melhor qualidade de vida. Dra. Zuleika esclareceu uma série de dúvidas a esse respeito junto ao público presente.

Cirurgia Bariátrica

Em sua conferência, o Dr. Halpern esclareceu sobre regras ou condições necessárias para que o paciente possa ser submetido a este tipo de cirurgia, além das possíveis complicações relacionadas à cirurgia bariátrica. Ele apresentou dados sobre mortalidade em pacientes operados ou que aguardam pela cirurgia, além de condições que asseguram uma melhoria na saúde do paciente operado. O Dr. Halpern também esclareceu dúvidas do público, relacionadas a possíveis complicações cirúrgicas, e outras de natureza menos técnica.

Melhoria na qualidade de vida após a cirurgia bariátrica é a busca de uma das participantes do simpósio, Jucilene Santana da Silva, que compareceu ao evento por recomendação de sua nutricionista. Com 1m52cm de altura, Jucilene tinha 146 quilos, fez a cirurgia em fevereiro deste ano e já perdeu 35 quilos. “A palestra do professor Halpern reforçou coisas que eu já sabia e explicou outras que eu não sabia”, disse.

Cirurgia para Diabéticos

Artur Garrido é presidente honorário, fundador da Sociedade Brasileira de Cirurgia Báriatrica e Metabólica e Professor Associado de Cirurgia do Aparelho da Universidade de São Paulo. Dentre outros esclarecimentos, o professor Garrido apresentou alguns métodos utilizados em cirurgias para redução de peso em pacientes diabéticos. Após sua conferência, houve uma distribuição de aparelhos de glicemia capilar e de bolsas térmicas para insulina entre o público presente.

A Campanha

Além das atividades destacadas, o Congresso abriu espaço para a distribuição de folhetos como parte da Campanha Nacional de Combate à Obesidade, iniciada pela ABESO no mês de junho, com o objetivo de divulgar os riscos da doença, promover estilos de vida mais saudáveis e enfatizar a importância do acompanhamento médico e nutricional. “A elevada freqüência de obesidade na população tem despertado a atenção do público para saber mais sobre as causas da doença e como controlá-la”, explica a Dra. Leila Araújo.

    

Clique aqui para ver todas as notícias.

 

Colunistas