Notícias Dicas


Maior Rigidez na Prescrição de Anorexígenos

Maior Rigidez na Prescrição de Anorexígenos

Andréa Vaz
24 de setembro de 2007

No mês de janeiro de 2008 entrará em vigor resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que torna mais criteriosa a prescrição de remédios utilizados no tratamento da obesidade. O objetivo da medida, publicada em setembro, é reduzir os danos causados pelo uso abusivo dos mesmos.

Cejana Passos, responsável pela Unidade de Produtos Controlados da Anvisa, explica que a resolução determina mudanças no tipo de notificação da receita que prescreve tais remédios. “Com o novo receituário poderemos aprimorar, acompanhar e aferir outros pontos importantes no consumo de anorexígenos no país”, destaca.

De acordo com ela, as farmácias passarão a encaminhar as receitas às Vigilâncias Sanitárias locais. Estas poderão verificar a dose, a substância e o tempo de tratamento prescritos pelo profissional de saúde.

“Assim, a utilização desses medicamentos poderá ser conferida com maior precisão, o que poderá resultar em uma queda nas estatísticas de consumo de anorexígenos no país”, explica.

A nova receita terá validade de 30 dias e o remédio só poderá ser adquirido no estado da Federação em que o receituário foi emitido. Também fica proibida a prescrição de fórmulas manipuladas que associem anorexígenos a antidepressivos, hormônios, diuréticos ou outras substâncias com ações medicamentosas.

Além disso, o profissional deve ficar atento às doses diárias recomendadas pela resolução. Médicos e estabelecimentos que desrespeitarem as novas medidas estarão sujeitos às penalidades previstas em lei.

Maiores informações no site da Anvisa:
www.anvisa.gov.br


 

Colunistas