Notícias Dicas


Governo do Japão Obriga Prevenção da Obesidade em Empresas

Governo do Japão Obriga Prevenção da Obesidade em Empresas

Por Flavia Garcia Reis
25 de março de 2008.

A partir de abril, as empresas do Japão deverão medir a circunferência abdominal de todos os seus funcionários com mais de 40 anos. Homens e mulheres que apresentarem, respectivamente, medidas maiores que 90 cm e 85 cm serão incluídos em um grupo de alto risco de obesidade e farão parte de um programa de prevenção, incluindo reeducação alimentar e adequação a uma atividade física.

Esta é uma tentativa do governo japonês para conter a Síndrome Metabólica (SM) e a obesidade no país. Dados do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão mostram que 1/6 da população sofre da SM e outro 1/6 está propenso a desenvolver a Síndrome, em pouco tempo.

O Governo do Japão sugere, ainda, que até 2012 as empresas diminuam em 10% o percentual de funcionários obesos ou com sobrepeso. Segundo a agência de notícias da BBC do Brasil, “as companhias que não atingirem a meta terão de aumentar a contribuição para a previdência desses funcionários em 10%”.

Contudo, 56 milhões de japoneses devem ser avaliados e orientados. O objetivo do governo japonês é prevenir a SM e reduzir o índice de doenças cardíacas no país, a segunda causa mais comum de mortes (atingindo cerca de 30%), ficando atrás apenas do câncer. A grande preocupação de alguns especialistas é que haja um aumento no consumo de medicamentos antiobesidade, inclusive os anorexígenos e psicotrópicos.

No Japão, a Síndrome Metabólica foi definida oficialmente em abril de 2005 e, a partir de então, “uma pessoa é considerada portadora da síndrome metabólica quando a medida da cintura excede o limite estabelecido e o indivíduo apresenta pelo menos dois sintomas, entre os quais pressão alta, índices elevados de mau colesterol ou de gordura e alto teor de açúcar no sangue”.

Fonte: BBC Brasil

 

Colunistas