Notícias Dicas


Frutas e Legumes de Graça na UE, Contra a Obesidade

Frutas e Legumes de Graça na UE, Contra a Obesidade

Por Beth Santos
09 de Julho de 2008

A criação de um programa destinado a distribuir nas escolas, gratuitamente, frutas e legumes às crianças acaba de ser apresentada pela Comissão Européia, como forma de estimular a alimentação saudável e combater a obesidade entre os jovens. A proposta tem verba anual de 90 milhões de euros, que deverá, caso aprovada pelo Parlamento Europeu, ser complementada por cada país membro da União Européia (UE) que adotar a idéia.

A distribuição de frutas e legumes nas escolas pretende estimular hábitos alimentares saudáveis entre os jovens, já que, de acordo com estudos realizados, é na infância que eles se formam – e, a partir daí, tendem a manter-se ao longo da vida.

Mas o programa apresentado vai mais além: exigirá dos estados membros participantes a elaboração de estratégias nacionais que incluam iniciativas educacionais e de sensibilização, e também a partilha das melhores práticas.

Cerca de 22 milhões de crianças da UE têm excesso de peso, das quais mais de 5 milhões são obesas. A previsão é que haja um aumento de 400 mil neste valor, anualmente. A Organização Mundial de Saúde recomenda um consumo líquido diário de 400 gr de frutas e legumes por pessoa, mas a maioria dos europeus não atinge esta marca, especialmente baixa entre os mais jovens.

 

Colunistas