Notícias Dicas


Excesso de Peso Pode Aumentar Risco de Enxaqueca

Excesso de Peso Pode Aumentar Risco de Enxaqueca

Por Cintia S. Castro
Dezembro de 2008

Não apenas doenças cardíacas, diabetes e hipertensão. Outro distúrbio encontra-se associado à obesidade: a enxaqueca. Pelo menos é que o diz a pesquisa coordenada pelo Dr. Earl S. Ford, do Centro de Controle e Prevenção de Doença, em Atlanta, Estados Unidos.

A equipe analisou 7.601 adultos, maiores de 20 anos, de ambos os sexos, pesquisando a associação entre o IMC (Índice de Massa Corporal) e a freqüência das enxaquecas. Cerca de 15% dos homens e 28% das mulheres afirmaram ter dores de cabeças fortes, durante os três primeiros meses do estudo. Do total dos participantes, 35% apresentavam excesso de peso, enquanto 30% eram realmente obesos e 33% tinham peso normal (IMC entre 18,5 e 25).

Chances Aumentam em até 1,4 Vezes
Os números da pesquisa demonstraram que estar com excesso de peso ou ser obeso aumenta as chances de sofrer de enxaquecas em até 1,4 vezes. Mas o peso abaixo do normal também aumentaria o risco, já que os dois por cento do público pesquisado, classificados com peso abaixo do normal, tinham fortes dores de cabeça com uma prevalência maior de até duas vezes.

“Se a obesidade aumenta o risco de ter dores de cabeça, o controle do peso pode ser útil para monitorar enxaquecas”, sugeriu o Dr. Ford, que recomendou novos estudos para investigar a fundo a relação entre o distúrbio e a obesidade.

Colunistas