Notícias Dicas


EUA: Médicos Revelam Preconceito com Obesos

EUA: Médicos Revelam Preconceito com Obesos

EUA: Médicos Revelam Preconceito com Obesos
Por Beth Santos

Pesquisa com 399 médicos da Escola de Medicina da Universidade de Nova York revelou que mais de 40% dos profissionais consultados – pediatras, psiquiatras e clínicos – mostraram reações negativas em relação ao paciente obeso, como desconforto e preconceito.

Entre eles, apenas 56% se sentiam qualificados para tratar a obesidade e 46% se julgavam bem sucedidos nessa tarefa. Os profissionais com menos tempo no exercício da profissão foram os que apresentaram expectativas mais positivas com relação ao tratamento.

Foram quatro os fatores de análise utilizados no estudo: desconforto médico/erro sistemático; sucesso médico/autoeficácia; expectativa positiva de resultado; e expectativa negativa de resultado. Competência e percentual de pacientes que perderam peso foram mais associados ao fator de atitude sucesso médico/autoeficácia. Maior habilidade na gestão do paciente foi menos associada ao fator desconforto médico/erro sistemático.

Os autores do estudo afirmaram que mais estudos serão necessários para explorar o impacto de tais atitudes dos médicos nos cuidados com os pacientes.

Colunistas