Notícias Dicas


Educação Física Não Cumpre seu Papel

Educação Física Não Cumpre seu Papel

Educação Física Não Cumpre seu Papel

Em tempos marcados pela epidemia de obesidade,
artigo publicado na Revista de Saúde Pública (“Intensidade e duração dos esforços físicos em aulas de Educação Física”) traz preocupação ao concluir que a abordagem dos programas escolares em relação à atividade física e sua associação com a saúde é pouco desenvolvida no país.

Os autores do artigo afirmam que os hábitos ligados à saúde, como a prática de atividades físicas, são sedimentados no período até a adolescência, tendendo a se manter na idade adulta. No entanto, estudos recentes apontam para a alta prevalência do sedentarismo, os hábitos alimentares pouco saudáveis e o crescente consumo de álcool entre os adolescentes.

Dentro desse contexto desfavorável, segundo os pesquisadores, “a escola configura-se como oportunidade para a aproximação e abordagem de crianças e adolescentes para inserção de conhecimentos e hábitos que promovam estilo de vida ativo, especialmente por meio das aulas curriculares de Educação Física”.

Pouco Tempo

Os especialistas comentam que “estudantes despendem pouco tempo em atividade física dentro da escola e os curtos períodos ocorrem em intensidade pelo menos moderada, quando ambos deveriam ser maiores. Ainda que tenham como uma de suas responsabilidades a autonomia para prática de atividades físicas, as aulas de Educação Física poderiam ter contribuição mais significativa para o nível de atividade física dos estudantes”.

Os pesquisadores afirmam ainda que as doenças não transmissíveis estão substituindo as infectocontagiosas no cenário mundial: segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), “morrem por ano 4,9 milhões de pessoas em decorrência do consumo de tabaco; 2,6 milhões por estarem acima do peso ou serem obesas; 4,4 milhões por níveis totais de colesterol elevados; e 7,1 milhões por pressão sanguínea elevada”. No artigo, os autores alertam que “a atividade física está relacionada com pelo menos três desses fatores: sobrepeso e obesidade, elevados níveis de colesterol e pressão sanguínea”.

Leia Mais
Crianças Ativas, Mesmo sem Dieta Ideal, Reduzem Risco de Obesidade
Atividade Física no Combate à Obesidade
Atividade Física Diminui na Adolescência

Colunistas