Notícias Dicas


Doenças Cardiovasculares e Câncer Ameaçam Obesas

Doenças Cardiovasculares e Câncer Ameaçam Obesas

Doenças Cardiovasculares e Câncer Ameaçam Obesas

Com duração de 28 anos, estudo feito na Escócia com 3.600 mulheres concluiu que a obesidade é um importante fator de risco de morte entre as não-fumantes obesas – particularmente aquelas de baixa renda. O trabalho revelou um índice mais alto de mortalidade por doenças cardiovasculares e câncer entre as que apresentavam expressivo excesso de peso.

Com idades variando dos 45 anos aos 64 anos, durante o longo período da pesquisa metade das participantes faleceu, sendo 916 (51%) por doenças cardiovasculares e 487 (27%), de câncer. O estudo constatou ainda que o índice mais alto de mortalidade se apresentou entre as participantes mais obesas, e relativamente baixo entre as não-obesas, independentemente do padrão sócio-econômico.

Publicado no site do Britsh Medical Journal, a pesquisa também mostrou um índice mais alto de morte por doenças cardiovasculares entre as mulheres de baixa renda, o mesmo não ocorrendo no caso de câncer.

Tabagismo
Outra revelação interessante do estudo: mulheres que nunca fumaram se mostraram mais propensas à obesidade do que as fumantes. Pesquisadores comentam que este dado indicaria que os altos índices de tabagismo de décadas passadas podem ter ocultado a extensão da obesidade entre mulheres não-fumantes. Assim, o recente declínio dos mesmos índices teria contribuído para um aumento no número de obesas.

O professor Johan Mackenbach, do Erasmus Medical Center, de Roterdam, Holanda, comenta a respeito, em editorial também publicado no BMJ que, apesar dos riscos inerentes à obesidade, “é importante não esquecer que o tabagismo é um fator de risco de morte muito mais forte do que a maioria dos outros, incluindo a própria obesidade”.

Leia Mais
Obesidade Reduz Expectativa de Vida
Obesidade Aumenta em 60% Risco de Morte por Doença do Coração

Colunistas