Notícias Dicas


Discriminação e obesidade: mundo corporativo

Discriminação e obesidade: mundo corporativo

Pensamentos como "Os trabalhadores obesos são incapazes de desempenhar um papel pleno no negócio", "eles não seriam capazes de fazer o trabalho necessário", e "são preguiçosos", foram revelados em estudo que por parte de empregadores que participam de um estudo que tinha finalidade de analisar as atitudes de recrutamento em relação a funcionários obesos.

Quase metade (45%) dos empregadores também admitiu que eram menos inclinados a recrutar, em fase de entrevista, um requerente obeso.

Os resultados seguem o recente acórdão do Tribunal de Justiça Europeu (TJE) determinando que a obesidade pode ser uma deficiência se causar um prejuízo em longo prazo, que impeça o empregado de fazer seu trabalho em pé de igualdade com os outros trabalhadores.

Empregadores do Reino Unido terão, portanto, de encontrar formas de acomodar os trabalhadores obesos que se enquadram nesta definição de "deficiência".

Quase dois terços (61%) dos empregadores entrevistados estavam preocupados com os custos potenciais para o negócio em relação aos efeitos colaterais do pessoal acima do peso, enquanto um número similar (63%) citou um medo de ser levado a tribunal por razões de discriminação se a as necessidades dos trabalhadores obesos não forem cumpridas.

Pouco mais de um quarto (26%) eram menos inclinados a contratar uma pessoa obesa, devido a uma falta de consciência das leis relacionadas aos trabalhadores obesos.

O estudo foi realizado pela Crossland Employment Solicitors, que realizou entrevistas com mais de 1.000 empregadores, no Reino Unido.

Foto: Yale Rudd Center Media Gallery

Colunistas