Notícias Dicas


Destaque do Congresso

Destaque do Congresso

Congresso de Obesidade debate “Alterações metabólicas na Síndrome dos Ovários Policísticos”, com a especialista Adriane Maria Rodrigues

A Síndrome de Ovários Policísticos (SOP) é uma das doenças endócrino-metabólicas mais comuns, com prevalência em mulheres adultas de 5 a 10% e na adolescência em torno de 3% a 8%. A síndrome do ovário policístico é uma doença complexa e heterogênea, e na grande maioria dos casos não tem nenhuma importância fisiológica, mas que em cerca de 10% das mulheres em idade reprodutiva está associada a um conjunto de manifestações como alterações menstruais, geralmente com longos intervalos entre os ciclos, aparecimento de pelos no corpo, acne e obesidade.

Uma proporção considerável das portadoras da síndrome apresenta anormalidades metabólicas como: resistência à insulina e obesidade, com aumento significativo do risco para o desenvolvimento de intolerância à glicose; diabetes mellitus e doença cardiovascular. No entanto, os mecanismos fisiopatológicos que vinculam a obesidade, a resistência à insulina e os demais distúrbios metabólicos presentes na síndrome do ovário policístico ainda não estão completamente esclarecidos. Estudos recentes sugerem que a adiponectina, uma proteína secretada especificamente pelo tecido adiposo, que apresenta propriedades antiaterogênicas, anti-inflamatórias e sensibilizadora à ação da insulina, poderia apresentar um importante papel integrador na patogênese desses distúrbios metabólicos.

Quer saber mais sobre as últimas evidências científicas na área? Inscreva-se no XV Congresso Brasileiro de Obesidade e Síndrome Metabólica. www.cbosm2013.com.br 

Colunistas