Notícias Dicas


Cirurgia Bariátrica Está Sendo Mal Empregada

Cirurgia Bariátrica Está Sendo Mal Empregada

Por Aristeu Araújo
19 de março de 2008

Aproximadamente 25 mil cirurgias bariátricas foram realizadas, no Brasil, no ano passado. No entanto, grande parte delas foi mal empregada, como afirma o Dr. Márcio Mancini, presidente da Abeso.

De acordo com o especialista, muitas pessoas que não sofrem de obesidade mórbida estão procurando a cirurgia por motivos estéticos. No entanto, a intervenção só é recomendada para pessoas com grau de obesidade 3, ou seja, com índice de massa corporal (IMC) acima de 40 Kg/m2.

O problema acontece por causa do alto custo da cirurgia bariátrica. Hoje em torno de R$ 20 mil, ela fica restrita a quem tem maior poder aquisitivo. Das 25 mil cirurgias feitas no ano passado, apenas 2,7 mil foram realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Para o Dr. Márcio Mancini, outro fator complicador é que quem tem obesidade mórbida não é visto nas ruas, tornando-se um problema quase invisível aos olhos da sociedade.

A cirurgia bariátrica tem 90% de eficácia quando feita em uma pessoa com obesidade mórbida, com manutenção do peso por uma média de 16 anos. Para pessoas com sobrepeso, a cirurgia é contra-indicada porque não justifica todas as complicações envolvidas.

 

Colunistas