Notícias Dicas


Chile Assina Acordo Focado na Vida Saudável

Chile Assina Acordo Focado na Vida Saudável

Chile Assina Acordo Focado na Vida Saudável

A criação de um Conselho Nacional Técnico-Cidadão para a Vida Saudável no Chile é o que prevê oAcordo de Valparaíso. Assinado na Reunião das Américas e Caribe para a Prevenção da Obesidade e Doenças Crônicas, realizada esta semana, o documento está subordinado à presidência da República daquele país. Na ocasião, também ficou decidido promover este mesmo encontro, em breve, em países como Brasil, Peru e México.

O objetivo do Acordo é que o país promova, coordene, apoie e monitore a implementação de ações para uma vida saudável, garantindo os recursos necessários para cumprir com o que se propõe. Restringir a venda e promoção de fast-food é um dos itens assinalados.

Segundo o presidente do Senado chileno, Guido Girardi, o Acordo de Valparaíso deve servir de modelo para a América Latina para que se construam praças, ciclovias, cidades mais receptivas à atividade física e à alimentação saudável.

Pandemia

A intenção da Reunião das Américas e Caribe era assinar compromissos e acordos concretos que permitam enfrentar a pandemia da obesidade e das doenças crônicas. Para enfatizar a gravidade do quadro atual, o presidente do Senado chileno chegou a brincar afirmando que a hipertensão, o diabetes e a obesidade, entre outros problemas de saúde, são “transmissíveis”, sim. Ou seja, “essas doenças “contagiam” e se disseminam dentro dos países e entre os países, principalmente através da publicidade, do marketing e da TV, estímulos frente aos quais as crianças estão indefesas”, explicou Guido Girardi.

Assim, a indústria e a publicidade deverão obedecer à legislação para que as crianças não sejam manipuladas com fins comerciais. Além disso, a educação sobre alimentação e vida saudáveis terá de integrar-se ao currículo, à alimentação e ao ambiente escolar.

A Reunião das Américas e Caribe para a Prevenção da Obesidade e Doenças Crônicas surgiu como primeira consequência da
Reunião de Alto Nível da Assembléia Geral da ONU, realizada em setembro deste ano, em Nova Iorque, com a participação de 30 Chefes de Estado e de Governo - entre eles a presidente Dilma Rousseff - e mais de 100 Ministros.

Leia Mais:
MS Recebe Sugestões para Plano de Enfrentamento às DCNT
Plano Deve Ser Lançado em Outubro
MS Quer Diminuir Excesso de Peso na Juventude

Colunistas