Notícias Dicas


Califórnia: Brinquedos Não Podem Acompanhar Fast-Foods

Califórnia: Brinquedos Não Podem Acompanhar Fast-Foods

Califórnia: Brinquedos Não Podem Acompanhar Fast-Foods

Aprovada em 2010 pela Câmara de Supervisores de São Francisco, na Califórnia, EUA, lei que proíbe a venda de fast-foods acompanhada de brinquedos acaba de entrar em vigor. A medida também vale para todos os restaurantes que não atendam às exigências nutricionais. É o fim dos brindes do chamado McLanche Feliz.

Para atender às exigências nutricionais, as refeições precisam ter menos de 600 calorias, conter meia xícara de frutas e ¾ de xícara de legumes. Além disso, devem possuir uma quantidade menor que 35% do total de calorias provenientes de gordura e ainda menos de 640 miligramas de sódio e de 0,5 miligramas de gorduras trans.

Com a nova lei, a lista dos cerca de 50 fast-foods que serão afetados em São Francisco inclui outros grandes conhecidos da garotada norte-americana: Burger King e Subway.

Com o objetivo de diminuir a obesidade infantil, iniciativas semelhantes têm sido propostas em Nova York.

“São medidas extremas deste tipo que ajudarão a combater esta epidemia, que é a obesidade infantil. Infelizmente, alguns pais presenteiam os filhos com esses brinquedos em troca de ‘comerem tudo’. O que esquecem é que são alimentos extremamente calóricos, com péssimo valor nutricional”, explicou  - quando da aprovação da lei - a pediatra Lilian Zaboto, integrante do Departamento de Obesidade Infantil da ABESO, que aprovou essa iniciativa norte-americana.

Para a Dra. Lilian, os brinquedos só deveriam ser oferecidos para os alimentos saudáveis desses restaurantes, como sucos naturais e/ou frutas. Na opinião da doutora, assim, as crianças poderiam ser estimuladas a consumirem alimentos melhores e a criarem novos hábitos.

Acima do Peso
Cerca de um terço das crianças norte-americanas estão acima do peso ou obesas. E não é de hoje que os fast-foods são acusados de seduzirem a garotada com brinquedos vinculados a personagens de filmes para que comam refeições ricas em gordura e sódio.

Com a nova lei em vigor, os adultos que levarem as crianças em algum dos 19 McDonald’s de São Francisco terão que pedir o brinquedo separadamente e pagarem por ele.

Em setembro deste ano, o McDonald´s começou a realizar mudanças, com fast-foods acompanhados de fatias de maçã, porção reduzida de batatas fritas e outras opções de bebida, como leite com baixo teor de gordura.

No entanto, a nova versão do McLanche Feliz ainda não atende aos requisitos de uma refeição suficientemente saudável.

Leia Mais:
Lei Proíbe Oferta de Brinquedos na Compra de Alimentos Calóricos

 

Colunistas