Notícias Dicas


Brasileiros Consomem mais os Doces na Sobremesa

Brasileiros Consomem mais os Doces na Sobremesa

Brasileiros Consomem mais os Doces na Sobremesa
Por Beth Santos

Ao escolher a sobremesa, 69% dos brasileiros fazem opção por alimentos calóricos: chocolate (13%), gelatina (10%), pudim (9%), doce de fruta (9%), doce de leite (8%) etc. Os dados são do levantamento realizado pela Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), divulgados no congresso da entidade que acontece até hoje em SP.

Do total de 2.700 homens e mulheres de 18 a 80 anos, entrevistados em 14 estados brasileiros, somente 26% disseram optar pelas frutas, enquanto apenas 5% afirmaram que dispensam as sobremesas. No quesito frutas a exceção é a Região Nordeste, em que são preferidas por 59% da população analisada, provavelmente pelo aceso mais fácil e menor preço.

Médicos e nutrólogos observaram na pesquisa que, quando a frequência no consumo de sobremesas diminui, aumenta a satisfação com o próprio peso corporal. O que traz a conclusão de que, dependendo da escolha feita, a sobremesa contribui para o ganho de peso e a obesidade.

Consumir com Moderação
A nutricionista Mônica Beyruti, membro do Departamento de Nutrição da ABESO, comenta que os doces – pudins, doce de leite etc – “são alimentos com elevada densidade energética, ou seja, fornecem elevado teor calórico em uma pequena porção de alimento, além de trazerem em sua composição dois nutrientes que devem ser consumidos com moderação: carboidratos simples, compostos de calorias vazias (pois não vêm acompanhados de nutrientes importantes, como vitaminas) e gorduras saturadas provenientes principalmente de leite e manteiga – alimentos estes que possuem um ácido graxo que contribui para o aumento do colesterol ruim”.

Segundo a especialista, as frutas, ao contrário, “possuem baixa densidade energética em porções bem maiores, quando comparadas aos doces, além de serem ricas em vitaminas e fibras. Se consumidas esporadicamente, isto é, com moderação, não há problema algum”, analisa.

Leia Mais:
Metade dos Brasileiros Adultos Tem Sobrepeso
SP: 25% dos Jovens Acima do Peso
É Melhor Prevenir
 

 

Colunistas