Notícias Dicas


Abeso integra Grupo Multidisciplinar para Enfrentamento da Obesidade da ANS

Abeso integra Grupo Multidisciplinar para Enfrentamento da Obesidade da ANS

A Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso) e a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem) fazem parte do Grupo Multidisciplinar de Enfrentamento da Obesidade, composto por pesquisadores, técnicos da ANS e representantes de entidades da área da saúde, e até mesmo de governo, com a participação do Ministério da Saúde, e de organismos internacionais, como a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). O Grupo realizou diversas reuniões ao longo de 2017 no esforço conjunto de sistematizar diretrizes pautadas em estudos científicos, publicados no Brasil e no exterior, que apontem para a integração entre procedimentos de prevenção e cuidado da obesidade. Na última quinta-feira (14), no Rio de Janeiro, foi lançado o Manual que compõe uma orientação criteriosa, que as operadoras de planos de saúde podem se basear para promover o cuidado e a melhoria da qualidade de vida de seus beneficiários. A presidente da Abeso, Maria Edna de Melo, esteve presente.

O objetivo é promover melhorias e incentivos na atenção à saúde relacionada à prevenção e ao combate da obesidade e sobrepeso entre beneficiários de planos de saúde. A utilização de diretrizes baseadas em evidências científicas permite que os profissionais de saúde identifiquem melhor e com mais facilidade o risco e o caminho a ser percorrido pelo indivíduo com excesso de peso e obesidade, e seu monitoramento por meio de indicadores de acesso, da qualidade e do nível de coordenação do cuidado para todas as faixas etárias.

 

Estratégias para a prevenção da obesidade infanto-juvenil:

  • Desenvolvimento de ações educativas de promoção da alimentação saudável desde o pré-natal; 
  • Promoção do aleitamento materno;
  • Introdução adequada de alimentação complementar, de acordo com as recomendações técnicas;
  • Estímulo ao conhecimento sobre a importância da atividade física e práticas corporais no desenvolvimento da criança e do adolescente;
  • Promoção de atividades físicas lúdicas e recreativas;
  • Observação do comportamento sedentário;
  • Promoção adequada de horas de sono;
  • Controle do tempo de tela a que crianças e adolescentes estão submetidos (TV, tablet, celular e jogos eletrônicos); 
  • Identificação dos pacientes de risco.  

 

Recomendações para a adoção de hábitos de vida saudáveis: 

  • Manter uma alimentação saudável, baseada nos dez passos para uma alimentação adequada, sistematizados pelo Guia Alimentar da População Brasileira (Ministério da Saúde, 2014); 
  • Fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação;
  • Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados - salsichas, linguiças, salames e presuntos, entre outros - e de alimentos preparados em frituras de imersão (batata frita, salgados);
  • Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos e evitar caldos industrializados;
  • Reduzir a ingestão de açúcar, gordura saturada e sal;
  • Aumentar o consumo de frutas, verduras e legumes;
  • Aumentar a prática de atividades físicas. 

 

Participam do Grupo Multidisciplinar para Enfrentamento da Obesidade 

 

  • Organização Pan-americana de Saúde – OPAS
  • Ministério da Saúde 
  • Instituto Nacional do Câncer – INCA 
  • Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ
  • Sociedade Brasileira de Pediatria – SBP 
  • Conselho Federal de Nutrição – CFN 
  • Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul 
  • SESI 
  • Site Panelinha 
  • Serviço Social do Comércio - SESC 
  • Serviço Social do Comércio de São Paulo – SESC SP 
  • Conselho Federal de Educação Física – CONFEF 
  • Endocrinology and Sports Medicine 
  • Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia - Febrasgo 
  • Conselho Federal de Odontologia – CFO 
  • Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica 
  • Associação Brasileira de Stress 
  • Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

 

Leia mais >>> no site da ANS

Imagem >>> Pixabay

Colunistas