Notícias Dicas


"Obesidade saudável" se torna obesidade insalubre em longo prazo

O paradoxo da obesidade volta e meia volta a discussão. Alguns estudos, incluindo mesmo um realizado no início da semana, têm sugerido que, para certas pessoas, a obesidade pode não ser uma questão tão importante para a saúde a longo prazo, desde que você tenha bom colesterol, pressão arterial normal, sensibilidade à insulina e os níveis de triglicerídeos controlados . Desta forma, o conceito de "obesidade saudável" tornou-se uma coisa real, aos olhos de alguns pesquisadores e do público. Mas um novo estudo mostra que a idéia pode ser muito enganadora, uma vez que ao longo do tempo, a obesidade saudável muitas vezes se transforma em obesidade insalubre, e os marcadores de saúde pioraram naturalmente com o passar dos anos. Assim, "a obesidade saudável" pode não ser um estado de equilíbrio em tudo - pode ser apenas uma fase, que provavelmente vai se deteriorar no futuro.

 
Os pesquisadores da University College de Londres analisaram os dados durante um período de 20 anos - mais do que qualquer estudo sobre obesidade saudável tinha seguido anteriormente. O primeiro grupo era composto por 2.500 pessoas, 66 das quais se diziam "obesos saudáveis", com base em seus perfis metabólicos, que incluíam análises de lipoproteína de alta densidade, "bom" colesterol, pressão arterial, glicemia de jejum e níveis de medição dede diabetes e níveis de medicação de triglicérides (gorduras no sangue) e resistência à insulina dentro do normal.
 
Daqueles que começaram na categoria "obeso saudável", ao longo de duas décadas, mais da metade tinha se mudado para a categoria "obeso insalubre" - e apenas 6% tinham perdido peso suficiente para mover-se na categoria de não-obesos saudáveis.
 
Os pesquisadores, então, olharam para um grupo maior de participantes, composta por 389 "obesos saudáveis." Depois de 10 anos, 35% se tornaram "obeso insalubres"; depois de 15 anos, tinha subido para 38%, e para 48% após 20 anos. Apenas 10% dos obesos saudáveis do início do estudo perderam peso e se tornaram "não-obesos saudáveis" depois de 20 anos. O que levou os autores a sugerir que o "curso natural da obesidade saudável é a progressão para a deterioração metabólica".
 
Em outras palavras, para a maioria das pessoas, a obesidade saudável é apenas uma fase que provavelmente dará lugar a obesidade insalubre no futuro.
 
Este não é o primeiro estudo a sugerir que a obesidade saudável é um pouco de um mito, pelo menos para a maioria das pessoas. Pesquisas anteriores descobriram que a obesidade de qualquer espécie, saudável ou não, aumenta o risco de doenças cardíacas, diabetes, câncer e morte precoce. Além do mais, os estudos prazo menor do que a atual têm mostrado que os bons marcadores metabólicos do obeso saudável tendem a se deteriorar com o tempo. "Alguns estudos anteriores", segundo o autor Joshua Bell, "usando tempos de seguimento mais curtos mostrou que cerca de um terço dos adultos obesos saudáveis evoluiram para a obesidade insalubre. E o nosso estudo com pelo menos 10 anos de seguimento mais longo, indica que essa tendência fica mais forte com o tempo... .Esses resultados indicam que a obesidade saudável muitas vezes é só uma fase ".
 
A mensagem pode ser que, para a maioria das pessoas, a perda de peso é realmente a melhor aposta: mesmo que os marcadores possam parecer bons agora, eles podem não ser daqui a 10 ou 20 anos. Um pequeno grupo de pessoas pode ser obesos na idade avançada, mas para a maioria, a obesidade está associada a um maior risco de uma série de doenças crônicas e mortalidade em longo prazo.
 
"Os adultos de qualquer peso podem tomar medidas para melhorar a saúde, evitando alimentos processados e incorporando atividade física na vida diária", diz Bell. "Isso pode reduzir a gordura visceral prejudicial, construir músculos, e reduzir a inflamação, mesmo que o peso não seja inicialmente perdido. Nossos resultados reforçam a necessidade de ter uma visão de longo prazo da obesidade saudável, como adultos obesos saudáveis tendem a evoluir para problemas de saúde ao longo do tempo. Obesidade saudável ainda é um estado de alto risco - os efeitos nocivos podem estar apenas sendo adiados ".
 
Fonte: Forbes

Colunistas