Busca:

Notícia - 10/08/2010 - Obesidade é Maior entre Crianças Indígenas
Estudos mostram que crianças e mulheres indígenas estão mais vulneráveis à obesidade

Obesidade é Maior entre Crianças Indígenas
Por Cintia S. Castro

A mudança nos hábitos alimentares, relacionada ao aumento no consumo de produtos industrializados, deixa as populações indígenas mais suscetíveis à obesidade do que brancos e negros. Pelo menos isso é o que mostra a pesquisa do Instituto do Coração (Incor), com dados de 2.125 adolescentes de São Paulo. Enquanto 41% dos indígenas pesquisados apresentaram sobrepeso, nos meninos e meninas negros da mesma idade a taxa foi de 19,4%. Entre os brancos, o índice ficou em 22%.

Um outro estudo também chamou atenção para o problema. A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) identificou, entre a população nacional de índias, um alto índice de sobrepeso. Entre 2008 e 2009, o primeiro Inquérito Nacional de Saúde Indígena avaliou 6.009 mulheres, de 177 tribos, na faixa etária de 14 a 49 anos. Os resultados mostraram que 30,9% delas estão com sobrepeso e 15,6% foram classificadas como obesas (46,5%).

O coordenador geral da atenção indígena da Funasa, Rômulo Henrique da Cruz, diz que as tribos hoje ficam muito próximas da urbanização. Sendo assim, os índios frequentam lanchonetes, consomem produtos industrializados e também são vulneráveis aos apelos das propagandas da indústria alimentícia.

Doenças Crônicas
A mudança no perfil alimentar dos indígenas também teve impacto nos tipos de doenças mais presentes nas aldeias. O foco dos agentes de saúde, que antes era malária, dengue e gripes, agora está mais voltado para o diabetes, infartos e acidente vascular cerebral. “Hoje temos essa visão de priorizar as doenças crônicas, um olhar diferenciado para essa questão”, afirma o coordenador.

No último dia 3 de agosto, o Senado aprovou a criação da Secretaria Nacional de Saúde Indígena, vinculada ao Ministério da Saúde. O órgão deverá absorver antigas funções da Funasa (Fundação Nacional de Saúde).

Copyright © 1998-2013 ABESO - Todos os direitos reservados.