Médicos de Luto – Presidente da ABESO comenta medida publicada em nova Resolução da Anvisa.

Restrições Absurdas

“No Dia Nacional de Prevenção da Obesidade (11/10) a comunidade médica está de luto. Com a nova Resolução em relação aos anorexígenos, a ANVISA não só suspende o uso dos medicamentos catecolaminérgicos, como também faz restrições absurdas para o uso da sibutramina. Não ouviram nem entenderam os argumentos da classe médica e da comunidade científica, discutidos exaustivamente desde o ano passado. 

O tratamento medicamentoso da obesidade ficará restrito a aqueles que têm maior poder aquisitivo, que podem arcar com os custos do único medicamento existente no mercado. Pacientes obesos ou com sobrepeso com hipertensão controlada, diabetes e dislipidemia não poderão utilizar a medicação  se duas dessas complicações ocorrem concomitantemente (o que é extremamente comum). Os que menos precisam de tratamento podem utilizar o medicamento, os mais doentes, não. 

Com a intenção de proteger "a população" dos efeitos adversos dos remédios anorexígenos, estão deixando órfãos os pacientes que realmente se beneficiam deles”.

Rosana Bento Radominski
Presidente da ABESO
Gestão 2010/2012